sábado, 1 de dezembro de 2007

Guitar Pro 5 no Debian

Guitar Pro 5 é um "player" de tablaturas/partituras for Windows. Uma mão na roda para músicos (ou aspirantes :) preguiçosos, que não tiram músicas de ouvido.
E esse é o assunto de hoje! Vamos instala-lo no nosso Debian Etch.

Antes de começar, algumas explicações:
- Existem alguns tutoriais na internet sobre esse assunto, mas eu vou ensinar como eu fiz, que é uma adptação de vários tutoriais. :)
Faz um certo tempo que fiz o GP5 funcionar, dessa maneira, já não sei mais quais tutoriais eu segui. Se você escreveu um deles, por favor, deixe um comentário que coloco a fonte da pesquisa!
- Vamos utilizar o Wine. Se você não tem o mesmo e não sabe como instala-lo, o Google é seu amigo! Existem muitos tutoriais sobre instalação e configuração do Wine!
- Eu acredito que você tem o Alsa instalado no seu Linux! Se você não tiver e não sabe como instalar, repito: Google! :)

Vamos-lá?

Receita:

- GP5DEMO.exe
- timidity
- freepats
- msttcorefonts

Modo de Preparo:

Antes de mais nada, vamos instalar um pacote de fontes:

#apt-get install msttcorefonts

Porque? Pode ser que as fontes no GP5 fiquem com caracteres estranhos, tanto na instalação quanto na execução do programa.

Baixe o Guitar Pro 5 (GP5DEMO.exe) no site do Guitar Pro. Instale-o com Next, Next, Finish. Se aparecer um erro na instalação, apenas clique em ignorar.

Para tocar midi no nosso Debian precisamos do Timidity. O Timidity converte o midi para áudio em tempo real. Para instalar:

#apt-get install timidity freepats

Tá, mas e esse freepats aí? Eu explico! Freepats são patches de instrumentos, ou seja, são arquivos que simulam sons de instrumentos que são interpretados pelo Timidity. Legal né?

Agora vamos iniciar o timidity, no console:

$timidity -iA

O paramêtro iA serve para rodar o Timidity como servidor midi default para Alsa, permitindo a execução dos seus midis :)

Abra o Guitar Pro 5 e clique em Opções, configurações MIDI. Em Porta Dispositivo, escolha Timidity. Em MIDI Input (Nota por Nota) faça o mesmo. Clique em OK.

Pronto, se tudo ocorreu bem seu GP5 já deve estar funcionando! Carregue uma tablatura e verifique se o som está saindo :)
Se o som sair "embolado", você pode desmarcar o recurso do Guitar Pro chamado RSE [Realist Sound Engine] (aperte F2 para ativar/desativar este recurso). Lembrando que esse recurso está presente na versão Full. Na versão demo (usada no tutorial) este recurso não está presente.

Se nada deu certo, verifique todos os passos novamente. Lembre-se! Uso Debian Etch, pode ser que esses mesmos passos não funcionem no seu Fedora 8 (muito legal esse Fedora 8! Adorei!) :)

Você pode ainda verificar se os módulos de som estão carregados.

Se ainda assim não funcionar, execute o winecfg, vá na aba Audio e veja se o Alsa Driver está marcado.

Se não funcionar, perca um tempo no Google.

Por hoje é só! Abraços pessoal!

9 comentários:

Sandro Amilton Vieira disse...

Será que não existe uma alternativa opensource semelhante ao guitar-pro para o Linux nativamente???

Anônimo disse...

Existe o kguitar que se parece bastante com o Guitar Pro:

http://estudiolivre.org/tiki-index.php?page=KGuitar&highlight=guitar%20pro

Anônimo disse...

Existe sim!
Existe o DGuitar e o TuxGuitar. Mas, na minha opinião, eu ainda acho o Guitar Pro o melhor! :)
Abraços e obrigado pela visita!

Renato disse...

Infelizmente não toco guitarra, porém sou clarinetista e toco um pouco de violino também,,, sinto muito a falta de um programa do tipo encore no linux. A algum tempo atras tentei instalar alguns e testar, porém não foi satisfatório.

Gosto de programas onde eu possa colocar a partitura e o programa lê as notas e reproduz o áudio, tenho a opção de dizer qual instrumento ele vai reproduzir com aquelas notas, com o Session (um programa muito antigo, da epoca do win 3.11) eu consigo colocar ate 7 instrumentos juntos tocando cada um sua voz, consigo fazer ligaduras/legatos,,, enfim, são programas bem completos que atendem a quase todas as necessidades de composição.

O guitar pró é um programa completo, que traz estas funcionalidades? ele é só para guitarra ou para outros instrumentos também??

Adell disse...

Renato, existe um completissimo no linux que se chama rosegarden, acredito até ser melhor que o encore.

Lúcio Corrêa disse...

uma pequena correção:

apt-get install timidity, freepats

Na verdade, não tem vírgula para separar os nomes dos pacotes.

O correto seria:

apt-get install timidity freepats

Abraço

Linux Dummy disse...

Ah! Uma virgula que pode mudar tudo! :)
Obrigado amigo, corrigido!
Abraços!

Renato disse...

Amigo, eu baixei o TuxGuitar e baixei um banco de áudio pra ele, mas quando eu coloco pra reproduzir ele só reproduz na voz "Gran Piano" e eu queria colocar outras vozes tbm, quero saber como eu faço isso.
Manda um email pra mim dizendo por favor:
rabelo43@yahoo.com.br

Vlw

Anônimo disse...

Poderia ter citado as fontes...
Já existiam artigos sobre este assunto...muito bem detalhado por sinal..

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Usando-o-Guitar-Pro-no-Linux/