segunda-feira, 5 de maio de 2008

Exaile substituído pelo Rhythmbox por 1 semana.

Isso mesmo. Resolvi fazer esta experiência: utilizar o Rhythmbox no lugar do Exaile por uma semana. Neste post relato os resultados, vantagens e desvantagens do gerenciador e reprodutor de músicas do GNOME. Será que é preciso instalar outro player ou o Rhythmbox, que vem por padrão com o Gnome, dá conta do recado? Seguem as minhas conclusões:

Visão Geral

01 - Controles da música e do volume
Padrão em todo player. Reproduzir, anterior, próxima, repetir, embaralhar, tudo age sobre a música que está tocando (ou não =). O botão navegar mostra/esconde o navegador (na figura, o número 03). A visualização é aquela coisa psicodélica que eu não sei o nome agora, mas que tem em todo player. Controle de volume não precisa ser explicado. :)

02 - Biblioteca, Lojas e Lista de Reprodução

A Biblioteca é dividida em:

Fila de Reprodução:
Exibe todas as faixas que você adicionou na lista de reprodução. Na lista de reprodução você adiciona faixas que você quer ouvir assim que a faixa atual terminar de tocar.

Música: É aqui que a coisa toda acontece. Exibe todas a sua playlist.

Podcasts:
Podcasting é uma forma de publicação de programas de áudio, vídeo e/ou fotos pela Internet que permite aos utilizadores acompanhar a sua atualização. Quando o autor publica um novo episódio, os inscritos no podcast são informados através de um feed.
O Rhythmbox permite que você se inscreva em feeds podcast, e quando um novo episódio estiver disponível você será informado. Ele fará o download do episódio e tocará o mesmo.

Arquivos Perdidos:
Exibe todos os arquivos que faziam parte da sua biblioteca de músicas mas por algum motivo não estão mais no seu devido lugar (foram deletados, movidos, etc).

Erros de Importação:
Arquivos não tocáveis, por exemplo: *.doc, *.txt, *.tga, etc.

Rádio:
É aqui que você pode escutar rádio online. :)

Last.fm:
Resumindo ao extremo: Last.fm é uma rede social musical. Nele você cria um perfil e pode ver os seus vizinhos, que tem o mesmo gosto musical que você. No Rhythmbox você pode escutar a rádio dos vizinhos, bem legal (Y).

Nas Lojas temos:

Jamendo: No Jamendo os artistas permitem que qualquer um faça download e compartilhe as suas músicas. Tudo legalmente. Este é o poder da licença Creative Commons. ;)

Magnature:
Na Magnature todos álbuns estão disponíveis na íntegra, e se você gostou, tem a possibilidade de comprar o CD ou os mp3 a preços bem baixos.

Na Lista de Reprodução:

Adicionadas Recentemente:
Arquivos novos, adicionados recentemente na biblioteca aparecem aqui.
Executados Recentemente: As últimas faixas que você foram executadas.

Minhas Preferidas (Atualizado): Toda música pode receber como avaliação uma quantidade de estrelas. No máximo 5, no mínimo nenhuma. E é aqui que entram as músicas com maior avaliação. Para avaliar uma música você pode clicar com o botão direito em cima de uma faixa na sua playlist, depois em Propriedades -> Aba Detalhes e em Avaliação escolher o número de estrelas que esta faixa merece. Mais um método: Editar -> Preferências e em Colunas Visíveis marcar o checkbox Avaliação. Pronto. Agora é só avaliar a música através da sua playlist. E, por último: Você pode simplesmente arrastar as músicas para dentro de Minhas Preferidas. Obrigado a todos que me ensinaram a usar este recurso, a lista é longa mas lá vai ela: Einstein, lagarto, Will Walber e Lucas Martins De Marchi. :)

03 - Navegador
Separa as faixas por álbum e artista. Extremamente útil. Rapidamente você encontra aquilo que você quer. Se não encontrar, pode utilizar a caixa de busca e ainda filtar por Todos, Artistas, Álbuns e Títulos. Uou! :)

04 - Plugin Arte de Capa
O Rhythmbox busca a capa e exibe a mesma neste espaço. Pelo menos era para exibir... Abaixo explico o porque desta frase.

05 - Playlist
Exibe todas as faixas da sua biblioteca. Clicando em uma faixa com o botão direito você poderá adicioná-la a Fila de Reprodução (lembra dela? =), criar uma nova playlist, encontrar mais faixas na sua biblioteca deste artista, álbum ou gênero, ver as propriedades que conta com as tags da música, avaliação da faixa, letra da música e mais detalhes.

Outras Coisas Interessantes

No menu, em Editar->Plugins, você pode usar alguns plugins interessantes como o Arte de Capa (citado acima), Compartilhamento de Músicas DAAP (compartilha e reproduz músicas pela rede local), Console Python, LIRC (Controle o Rhythmbox usando um controle remoto infravermelho =), Last.fm (Envia informações das faixas que você escutou para o Last.fm), Letras de Músicas, Reprodutores Portáteis - iPod (Suporte para dispositivos iPod da Apple), Rádio FM, entre outros.
No menu, em Ver, você pode escolher entre os modos Janela Reduzida (uma janela compacta) e Modo Festa (Tela cheia).

Algumas Vantagens

Organização da Coleção: Como já citei acima, é muito fácil encontrar aquilo que você quer escutar. O navegador facilita muito esse processo. Boa Rhythmbox! :)

Velocidade: Mais rápido que o Exaile, principalmente quando você inicia o programa. No Exaile, se você tiver uma playlist definida e iniciar o programa, o mesmo vai demorar um certo tempo para poder ser usado.

Plugin do Last.fm: Algumas vezes o plugin do Exaile não envia informações sobre as músicas que estão tocando. No Rhythmbox isso não existe. Toda faixa executada é enviada.

Algumas Desvantagens

Falta de Atalhos no Teclado (Atualizado): Esta era uma desvantagem até eu descobrir (graças ao comentário deixado pelo brunner) que o Rhythmbox usa os atalhos do Gnome. Para configurá-lo vá no menu do Gnome, em Sistema -> Preferências -> Atalhos de Teclado. Agora é só configurar ao seu gosto. Valeu pela dica brunner. Um grande abraço. ;)

Plugin Arte de Capa não está mostrando a capa do álbum: Aqui em casa este plugin está ativo e mesmo assim nunca mostrou uma capa sequer. Acredito que isto funcione senão não estaria ali, mas aqui não mostrou nada. Uma observação: Não pesquisei nada a respeito. Não fui atrás da solução.

Requisitando Plugins: De tempos em tempos o Rhythmbox fica requisitando download de plugins. Instalei um uma vez um plugin (não me recordo qual gstreamer era, acho que era o ugly). Aqui ele continua pedindo para buscar plugins mas não exibe os mesmos para baixar. Não sei se é falta de alguma repositório, já que só uso os repositórios padrões do Debian Lenny. Outro problema que não procurei a solução.

Conclusão

Depois de uma semana de uso conclui que o Rhythmbox dá conta do recado sim! Não é por nada que ele faz parte do Ambiente de trabalho do Gnome. O Rhythmbox mantém as suas músicas organizadas e facilita (e muito!) na hora de procurar aquela música que você está com vontade de ouvir. Agora que já sei como configurar os atalhos do teclado para o Rhythmbox posso largar o Exaile. Até mais Exaile! ;)

Abraços, tudo de bom.

Referências
Site Oficial do Rhythmbox
Wikipedia - Podcast
Wikipedia - Feed

17 comentários:

Einstein disse...

va em editar>preferencias. na guia geral vc vai ver um conjunto de checks box para ativar as colunas visiveis. marca a coluna "avaliação".
pronto agora vc vai ter uma coluna com 5 estrelas, bas clicar para avaliar uma musica.

rhythmbox é meu favorito. faz o trabalho dele sem ocupar muita memoria

Anônimo disse...

kkkkkk. ridículo, o seu post ;;;;;

sempre usei ele e até sabia do exaile

BRunner disse...

O Rhythmbox usa os atalhos do gnome como controles. Assim, vá em sistema > prefs > atalhos de teclado e defina lá, na parte de áudio, os que você quer usar.

Depois é só alegria.

Detalhe: eles funcionam mesmo com o programa minimizado.

Anônimo disse...

Para MP3 apenas, mpd + gmpc acabam com a concorrência.

Para rádio, uso Streamtuner + Audacious.

No meu caso, não preciso de muito mais do que isso.

lagarto disse...

Pra haver a chance de ele mostrar a capa, tu precisa ter as informações da música bem certinhas.
Preencher principalmente o nome da música, o artista e o álbum...
Isso vale para o plugin de letras também...

Sobre minhas preferidas,
clica com o botão direito em uma música
preferida e vai em propriedades.
Vai em detalhes e selecione o número de estrelas...
Acho que é assim que funciona...
To sem música aqui pra testar.

Sobre o problema dos plugins,
nunca me aconteceu!
E olha que uso bastante...
O problema deve acontecer com o Totem também, certo?
Se acontece, não é bug do rhythmbox.

Adoro esse programa!
Eu deixo ele sempre aberto na última
área de trabalho.
Recomendo!

Anônimo disse...

Testei váriso players de música p/ o Linux e os meus 2 preferidos ainda são na ordem Exaile e Listen.
Ricardo

Victor Franco disse...

Durante as poucas horas que usei o Rythmbox, não consegui encontrar um recurso básico para qualquer player: um simples equalizador! Se ele existe, está bem escondido, pois antes de digitar aqui procurei de novo e não vi mesmo.

Quanto à organização da playlist, realmente ele cumpre bem o seu papel.

Rodrigo Souza disse...

Dois pontos negativos pra ressaltar, apesar de usar o RhythmBox desde sempre..
1. Falta o equalizador!!
2. Suporte pro iPod meio falho, não mostra smartlists, não é possível editar ID3 Tags das musicas no iPod e não é possível transferir iPod->PC

No mais, é perfeito, navegação rápida pela biblioteca, visual clean..

Valeu!
Rodrigo.

Linux Dummy disse...

Gostaria de agradecer a todos que visitaram e comentaram.

Sobre as vantagens/desvantagens eu citei apenas sobre os recursos que uso no dia-a-dia.
Se for pesquisar mais a fundo vamos encontrar muitas vantagens/desvantagens. Talvez errei por não deixar isto claro no post...

Equalizador por exemplo é um recurso que não uso. :)

Um grande abraço a todos!

Arthur disse...

O rhythmbox me seria perfeito se sua lista de reprodução fosse melhorada.
Ninguém que usa o exaile sente falta disso?
No rhythmbox eu coloco as músicas que quero ouvir na lista, mas assim q executadas elas são excluídas! odeio x.x

alguém tem uma solução?

Mas de resto... o rhythmbox é muito bom! Adoro o recurso de shuffle na biblioteca inteira! .. coisa q no exaile ou msm no amarok demoram pra carregar!

abraços!

Will Walber disse...

Chefe, se habilitar a aba de "estrelinhas" vai poder qualificar as prediletas. Clique com o botão direito na opção de "preferidas" pra modificar o requisito de estrelas... Assim cê define quantas são necessárias pra sua músicas "caírem" la!

Nunca tive problemas com capas. Isso porque edito bem meus arquivos com TAGs básicas.

Meu teclado e "multimídia" e funciona bem. ^^

Lucas Martins De Marchi disse...

Quanto às preferidas, eu simplesmente arrasto a música que quero pra lá. Nunca tentei essa opção de avaliar a música.

Os únicos players até agora que vi que têm um equalizador que funciona é exaile/xmms/audacious. Acho estranho o rhytmbox não ter, pq o gstreamer fornece suporte a ele (que é usado pelo exaile).

Sinto falta (também usava o exaile e passei a usar o rhytmbox) de uma janela de navegação por pasta. Várias vezes eu não lembro o nome do autor ou da música e a solução é ir na pasta (nacional/internacional/coletânea) e procurar. Diminui bastante o tempo pra achar uma música. Além disso, não tenho muita paciência de ficar editando as tags, apenas coloco na pasta correspondente e aí algumas músicas ficam com o autor como "Vinícius de Moraes"/"Vinicius De Moraes"/"Vinícius De Morais" etc...

Arthur, ao invés de colocar a música na fila para ser reproduzida, crie uma playlist clicando com o botão direito abaixo das playlists e coloque as músicas lá. Aí você pode até criar vários "temas" de playlists.

Anônimo disse...

Boa tarde.

Sou fã incondicional do Rhythmbox. mas realmente sinto falta de um equalizador!

Quanto às capas dos álbuns, existem duas opções, que claro, só funcionam com o plugin ativo:

Primeira: a capa é baixada diretamente da Net pelo programa, mas o preço que se paga por isso é ter todas as suas músicas muito bem "tageadas", tipo Artista - Música - Álbum... etc, tudo certinho, sem erros de grafia! O preço pago vale, pois raramente o Rhythmbox não mostra a capa se as tags tiverem bem feitas;

Segunda: o programa também mostrará a capa do álbum se dentro da pasta onde estão as músicas também estiverem arquivos de imagens (das capas, óbvio), obrigatoriamente com o nome de "Cover", sem aspas logicamente. Essa é a opção que uso e não tenho problemas! A vantagem é que o programa não precisa consumir banda da Net enquanto ouço as músicas.

Abraços.

Anônimo disse...

Sobre: "Plugin Arte de Capa não está mostrando a capa do álbum: Aqui em casa este plugin está ativo e mesmo assim nunca mostrou uma capa sequer. Acredito que isto funcione senão não estaria ali, mas aqui não mostrou nada. Uma observação: Não pesquisei nada a respeito. Não fui atrás da solução."

cara, tu é muito burro! é só baixar a capa pra dentro da pasta onde está a música e renomear a imagem da capa para Folder.jpg ou Folder.png, ou Folder.bmp, ou Folder.caralho

:D

Anônimo disse...

Este player é o que + funcionalidades tem, sem contar o designer. Ele seria um Windows Media Player 11 para qualquer distro Linux descente.

[]'s
Ricardo Medina

Rodrigo Justi disse...

O Rhytmbox mostra a capa sim, se ela não estiver na pasta da música ele busca num banco de dados na internet, isso se as ID3 estiverem corretas,

Ricardo Medina: O Rythmbox consegue ser muito melhor que o Windows Media Player, só peca no vídeo mesmo.

Anônimo disse...

TV box this is because by using the system the installers can [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]Tory Burch 店舗[/url] ministry, which means we do not charge for our services. Any [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ 通販[/url] to keep the party alive. So I decided to list a couple of cool [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]トリー バーチ 靴[/url] off the peg items are used. In fact, whenever orders for bespoke
a Black Jack. A game of Black Jack is usually played with a maximum [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]Tory Burch 店舗[/url] opportunities to catch a quick game or two of black jack, such [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]http://www.aravind.org/toryburch.htm[/url] an eye out for the betting limits of each table. It also important [url=http://www.aravind.org/coach.htm]コーチバッグ[/url] speaking with me today on behalf of The Old Schoolhouse Magazine.
oil and gas offshore need to rely on a partner with the experience [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌトート[/url] games. In an online casino you can play for as little or as long [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]トリーバーチ バッグ[/url] the early 1700s, where it was called Vingt-et-un, the French [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ[/url] jack-o-lantern you make, so try not to carve your jack-o-lanterns